sábado, 19 de Novembro de 2011

My PLE (Personal Learning Environment)

A apresentação deste trabalho decorre de uma tarefa (1B),  proposta pelo professor José Mota, na Unidade Curricular de Processos Pedagógicos em Elearning.
Numa primeira fase procedi à leitura das orientações detalhadas disponíveis para a atividade, bem como consultei a bibliografia disponível. Esta bibliografia e pesquisa bibliográfica foi ainda enriquecida com outras pesquisas, conforme se dá conta na bibliografia mais abaixo.


MY PLE

“… a Personal Learning environment was not an application. A PLE is comprised of all the different tools we use in our everyday life for learning.”
Graham Attwell

Assumindo como ponto de partida para a apresentação do meu PLE, esta afirmação de Attwell (2007), desde logo aferimos uma primeira definção de PLE. Na realidade, PLE, refere-se as todas as ferramentas e mecanismos utilizados na aprendizagem, que dizem respeito à nossa formação / aprendizagem, quer em contexto mais formal ou mais informal, que no ensino em presença, quer à distância.
Assim, desenvolvi o meu PLE apenas considerando o ambiente virtual, pese embora noutros contextos utilizar outros recursos, como livros, enciclopédias, textos impressos...)


De acordo com a apreentação, fiz uma recolha e refleti sobre as ferramentas que utilizo de forma mais ou menos corrente quer no plano profissional quer no plano académico, no curso de mestrado que me encontro a frequentar.
COLABORAÇÃO
Relativamente a este tópico, selecionei as ferramnetas Wikispaces e Pbworks, já utilizadas algumas vezes em contexto de aprendizagem, neste mestrado, Enquanto ferramentas que desenvolvem o trabalho colaborativo têm potenciado as tarefas de gruo porpostas em algumas Unidades Curriculares.

PRODUÇÃO / EDIÇÃO
As mais utilizadas são, em primeira instância, as disponíveis no Office, edição de texto, folha de cálculo, apresentação, gestão de correio eletrónico, edição vídeo entre outras. Estas ferramentas são commumente utilizadas quer em contexto profissional, quer em contexto académico. Quanto à ferramenta "Audacity", apenas recentemente está a ser explorada por necessidade noutra Unidade Curricular.

PESQUISA
Quanto à pesquisa e no que se refere aos motores de busca normalmente utilizados, saliento o Explorer e mais recentemente o Opera. Por outro lado, a pesquisa é complementada quase sempre com a utilização do Google como motor de busca em primeira instância.

PARTILHA
Igualmente em contexto académico, as ferramentas de partilha como o Slideshare, Google docs, Scribd, têm-me proporcionado o acesso a nova informação, a consulta de repositório de documentos e embora ainda não tenha efetuado a partilha de documentos meus, penso que é uma ferramenta que irei continuar a utilizar no futuro, com essa função.

COMUNICAÇÃO
Na comunicação destaco as ferramentas Skype, Messenger, Secondlife e Sapo mail, todas utilizadas quer em contexto profissional, quer académico. Saliento que ainda que, com diferentes finalidade, as mais utilizadas são o Messenger e o Sapo mail.

SOCIALIZAÇÃO
De facto neste tópico apenas destaco o Twitter e LinkedIn porque não tenho conta no Facebook e não o utilizo. Quanto ao Twitter, embora a sua utilização tenha surgido em contexto académico, tenho, nas últimas semanas utilizado o Twitter e descobri que pode revelar-se uma excelente ferramenta de comunicação.

PUBLICAÇÃO
Para a publicação de documentos e tarefas utilizo o blog em contexto académico. Igualmente em contexto profissional utilizo o blog e esta ferramenta tem sido muito explorada nos últimos anos.

RECOLHA DE INFORMAÇÃO
Na recolha de informação, utilizo frequentemente a consulta de webpages, blogues, wikipédia e outros repositórios de informação, como o youtube.

ENSINO / APRENDIZAGEM
O Moodle é uma plataforma utilizada quer em contexto académico quer em contexto profissional. Está amplamente divulgada e é uma ferramenta que utilizo diariamente em diferentes contextos.

Finalmente, referir ainda que fazem parte do PLE igualmente o computador, o telemóvel com os quais acedo à informação em ambiente virtual.



BIBLIOGRAFIA
Attwell, Graham (2007), Personal Learning Environments, the future of Elearning?, eLearning papers, vol 2, n.º 1, January 2007.


Downes, Stephen (16-10-2005). e-Learning 2.0. eLearn Magazine. http://www.readability.com/articles/ienxzeck


Morgado, Lina (2011), The Networked Class in a Master’s Program: Personalization and Openness Through Social Media. In: Charles Wankel (ed.) Educating Educators with Social Media (Cutting-edge Technologies in Higher Education, Volume 1). Emerald Group Publishing Limited, pp.135-152. http://tinyurl.com/6ehwm5r.

Mota, José (2009). Personal Learning Environments: Contributos para uma discussão do conceito. In Educação, Formação & Tecnologias, vol.2 (2); pp. 5-21, Novembro de 2009.
http://eft.educom.pt/index.php/eft/article/view/105/66.









Sem comentários:

Enviar um comentário